<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=805093272878715&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

ACOMPANHE NOSSO CONTEÚDO NO BLOG
E FIQUE SABENDO DAS NOVIDADES.

Inbound Marketing - 2016 desafios

Por Iron Mascarenhas

i3-img-blog-04.png

Nobody said it was easy…” essa frase consegue resumir bem esse ano de 2016 com o nosso trabalho de Inbound. É um trecho da música “The Scientist”, da banda Coldplay, e significa: “Ninguém disse que era fácil”. E realmente não foi.

Assim como muitas atividades do marketing, o Inbound Marketing também é uma cultura, um conceito. E como todo conceito, é preciso que seus clientes entendam e comprem a ideia. Não é muito fácil de se mudar uma cultura de trabalho de uma empresa, ainda mais de grandes empresas do mercado imobiliário e de TI, como é o nosso caso.

Inbound Marketig: um risco?

Imaginem vocês, acostumados a fazer um certo trabalho de publicidade digital: daí vem um entusiasta e propõe quase tudo novo. O que fazer? Arriscar e investir na ideia? Ou não mudar e correr o risco de diminuir as vendas ainda mais?

Nossa alegria foi que nossos clientes compraram a ideia com a gente. Foram semanas ou meses de adaptação; de readequação. Mas foi um tempo necessário. Tempo de reorganizar a base para conseguir resultados melhores no futuro. E os resultados já começaram.

O nosso trabalho na i3 é aumentar os números de nossos clientes, e ajudá-los a venderem mais. De nada adianta eles terem 100% de aumento de visitas no site, e 1% de aumento de venda. Essas visitas não seriam qualificadas. Esse é um erro cometido por muita agência de publicidade online ou marketing digital: insistir no aumento de volume, sem pensar na qualidade e nas vendas em si.

Case de sucesso

A PC Sistemas, um de nossos clientes, ilustra bem isso. Nos últimos 6 meses tivemos um aumento de 49% de pessoas interessadas em seu produto (Leads), mesmo tendo uma diminuição de 9% das visitas. Isso significa que quem visita o site ou blog desse cliente tem mais chances de ter o perfil ideal para compra.

Outro valor que trabalhamos muito aqui é a taxa de conversão, que é o número de interessados (Leads) em relação ao número total de visitas. Desse cliente do exemplo nossa taxa de conversão nos últimos 6 meses tem uma média de 3,16%, de visitas para Leads. Já de Leads para clientes a taxa é de 4,21%. Considerando ser uma média, esse é um número muito bom; visto a meta definida foi 2%.

E aí, acha que temos que melhorar ainda? Bom, eu tenho certeza! Não foi fácil e vai continuar não sendo. Requer trabalho duro, persistência e paciência. Os resultados de Inbound costumam demorar um tempo para aparecerem. Mas quando começam, são mais assertivos que antes.

E que venha 2017, com mais correria, desafios e aprendizado!

Está querendo resultados mais assertivos para sua empresa? Preparamos um material específico para isso. Veja!

ebook 14 passos para geração de leads

Categorias: publicidade digital, Inbound Marketing

Receba nossos conteúdos e saiba mais sobre inbound marketing.

acesse 14 passos para geração de leads

Vamos conversar?

Entre em contato

ENTRE EM CONTATO POR TELEFONE

ATENDIMENTO 
(62) 3241 6478


A i3 nas redes sociais

 

 LinkedInFacebookTwitterYoutubeInstagram